Por Anthony “Naucious” Brown para o PlayStation LifeStyle

Lembra-se dos bons e velhos tempos quando o jogo multiplayer online não era possível? Você se lembra jogando Mike Tyson’s Punch Out ou Super Mario Bros. 3 por horas a fio? Quem conseguia resistir ao Contra? De Sonic a Chrono Trigger, os jogos que nos transformaram em jogadores por toda a vida eram praticamente todos single player.

Agora, no atual momento, muito do sucesso de um jogo é focado ao multiplayer online ao invés de uma experiência de campanha single player cativante. Existem muitas pessoas por aí que sequer consideram comprar um jogo sem algum componente online, mencionando que se o game acaba após uma jogatina, não vale a pena gastar seu dinheiro ganho com esforço. Enquanto eu faço de tudo para conseguir me divertir com meu dinheiro, perder um bom jogo porquê ele não apresenta multiplayer online é totalmente ridículo. Não estou dizendo que há qualquer coisa errada com multiplayers, porque alguns dos momentos de jogos mais intensos vem principalmente de um tiroteio online inesperado. Eu preciso de um jogo online online para justificar o valor de um jogo e, finalmente, se ele vale minha compra? Não.

Então lhe pergunto, o multiplayer online é a chave para o sucesso do jogo?

Multiplayer, uma necessidade?

Muitas pessoas vão dizer “não”, mas não estou perguntando exatamente aos jogadores mundo afora – Estou também questionando os desenvolvedores por trás destes jogos que nós amamos tanto. Às vezes parece que os desenvolvedores são obrigados a colocar recursos online em todos os jogos para alcançar o sucesso. Não é culpa de um ou de outro, eles estão dando aos jogadores o que eles demandam. Existem também os publishers respirando no pescoço dos desenvolvedores para incluir recursos de multiplayer online, principalmente para que possam prolongar a vida útil de um produto e para que eles possa ganhar dinheiro extra com DLC.

Por que há esta necessidade para multiplayer entre os jogadores de hoje? Eu não poderia sequer tentar contar a quantidade de vezes que ouvi outros jogadores ridiculosamente dizendo:

“Eu só vou comprar o jogo se ele tiver multiplayer”

Tenho ainda encontrado pessoas que sequer tenham jogado a campanha single player de certos jogos e jogado somente o multiplayer. Infelizmente, parece que muitas pessoas estão dispostas a renunciar o enredo, progressões básicas e lutas com grandes “chefões” que acompanham a experiência única do single player.

Olhe para Warhawk e MAG para o PS3 – estes são jogos construídos exclusivamente em torno de partidas online multiplayer, e sem uma conexão de banda larga você estará muito bem ferrado para jogar estes ótimos jogos. Eu não ficaria surpreso se mais e mais jogos começarem a seguir esta tendência. No entanto, esta tendência faz com que estes grandes títulos fiquem fora do alcance de vários jogadores ao redor do mundo. IWS afirma claramente que, enquanto 76% da América do Norte esteja presente no mercado da internet, apenas 26% da população do mundo o tem.

Olhando para as vendas, a maioria dos altos índices de venda dos títulos AAA, como a série Halo, série Gears od War, Killzone 2, Modern Warfare 2 e Uncharted 2 ostentam recursos online. Quando Uncharted: Drake’s Fortune saiu em 2007, foi um grande jogo e vendeu milhões de cópias. Agora, com o lançamento da sequência, após o primeiro título ser criticado por não possuir multiplayer, a Naughty Dog adicionou o multiplayer online quase obrigatoriamente, e o resultados foram diversos prêmios como Game of the Year. Agora pergunte a si mesmo, ele teria ganho tantos prêmios elevados se não tivesse recursos online? Ninguém pode dizer com certeza, mas acho que não. Uncharted: Drake’s Fortune certamente não se saiu tão bem.

Muitos jogadores confiam nas opiniões de reviews do jogo para ajudá-los a decidir no jogo que irão comprar. Parece que a maioria dos jogos são penalizados por não ter recursos online, o que pode prejudicar a venda dos jogos. A fim de se expremer no multiplayer, garantindo assim uma maior pontuação por incluir recursos online, alguns jogos parecem apresentar versões simplificadas de modos single player.

Os deuses não podem parar minhas vendas!

Felizmente, ainda existem alguns grandes jogos que não possuem recursos online, como o God of War 3 e Heavy Rain, e que ainda têm alcançado sucesso. GOW3 acumulou vendas em torno de 2 milhões de cópias em seu primeiro mês, mas a forma como esta tendência da indústria em direção a modos online obrigatórios está progredindo, eu não ficaria chocado se a próxima continuação tiver alguma forma de multiplayer online. Eu não sei se isso é bom ou ruim, mas com os jogos de competição em ascensão, você pode esperar um monte de desenvolvedores incorporanto multiplayer a fim de conquistar sucesso assim como Halo, que pode ser o jogo de franquia de maior sucesso desta década. Tenho medo de um futuro onde todos os jogos são simplesmente online, excluindo o single player. Isso pode parecer distante, mas também não acreditava que o jogo controlado por movimentos ia pegar, e agora eles estão sendo incorporados a todos os consoles graças ao estrondoso sucesso do Nintendo Wii. Controles de movimento atraem vendas. Jogos online como Halo ou Call of Duty trazem vendas. As vendas são o objetivo final de todos os colaboradores, publishers, assim como fabricantes de consoles. Então, o que estiver reinando nas vendas, estas empresas vão pular dentro. Então, eu pergunto… você está pronto para um futuro somente multiplayer online?