Risk of Rain já pode se considerar um clássico roguelike, e retorna com uma dimensão extra e ação ainda mais desafiadora.

Semelhanças com o primeiro jogo.

É de fato impressionante como Risk of Rain passou de um sidescrolling em 8-bits para um shooter em terceira pessoa e mesmo assim mantém claro seu visual e essência. Mas agora com um pouco mais de complexidade em seu combate que se mantém desafiador e instigante, dificilmente você irá se cansar com a quantidade de recompensas e variações de personagens onde a gameplay pode mudar totalmente, Isso é muito importante, pois jogos nesse gênero caem muito na repetição, mas aqui você está o tempo todo se adaptando e descobrindo novas combinações de itens e o que é mais útil para a sua classe.

A jogabilidade chega ser bem simples e mesmo assim consegue te prender a cada segundo

Sistema e jobabilidade

Em Risk of Rain 2 você segue a mesma premissa de seu antecessor, seu personagem acabou de sofrer um acidente e caiu em um planeta estranho cheio de aliens gigantescos, e conforme o tempo vai passando a dificuldade do game vai aumentando, mesmo que você continue no primeiro mapa, esse modelo de dificuldade exige que o jogador complete a fase rapidamente antes que os inimigos se tornem ainda mais difíceis. Parece meio desesperador, mas é isso que deixa o jogo muito divertido.

Apesar de sua simplicidade temos um visual muito bonito

No início do game você começa com apenas um de nove personagens disponível. Cada personagem possui várias habilidades e movimentos únicos; por exemplo, a Caçadora é uma personagem que tem o foco a longa distância com skills relacionadas a dano em área, mas com uma vida e defesa baixa, enquanto o Mercenário é um personagem com foco no corpo a corpo, então por se expor mais em batalha suas skills trazem mais defesa e vulnerabilidade temporária.

No geral todas as fases tem o objetivo de encontrar o teleportador que sempre será posicionado em uma área aleatória do mapa; quando ativado os jogadores irão enfrentar uma horda de aliens, incluindo o chefe da fase até que o teletransportador estiver totalmente carregado. Derrotando esses inimigos, os jogadores serão recompensados com moedas e pontos de experiencias. Conforme os jogadores forem recebendo essas experiências, pontos de atributos são distribuídos automaticamente. O dinheiro irá servir para abrir vários baús, comprar itens específicos, ativar drones de ataque e suporte, ou também poderá ser usado para rezar em santuários que tem a chance de derrubar itens. No momento o jogo conta com mais de 75 itens.

Cooperativo

O Multiplayer foi melhorado e felizmente simplificado. Lembro bem que o primeiro Risk of Rain sofria o mesmo problema que muitos indies possuem até hoje quando se trata do modo online, precisamos abrir portas no modem ou simular um servidor em LAN, tudo isso era horrível. Já no Risk of Rain 2 ele trabalha direto com a Steamworks, facilitando muito nossas vidas, agora só precisamos convidar um amigo direto na Steam ou apenas dar um clique em quickplay, mas como nem tudo é perfeito, o jogo ainda não consegue trocar o host caso o mesmo feche o jogo, então caso quem começou a partida morrer primeiro e decidir fechar, acaba a brincadeira de todo mundo, por isso recomendo jogar apenas com amigos.

A escala de dificuldade para o cooperativo pode se dizer que é bem justa, a distribuição de itens aumenta significadamente para não faltar nada para ninguém

Considerações finais

Em uma visão geral eu imagino que Risk of Rain 2 é essencial não só para quem veio de seu antecessor, mas para todos que gostam do gênero roguelike. Mesmo em um early acess esse jogo traz muito conteúdo, a linha de aprendizagem é muito gostosa, passar de cada chefe ou descobrir uma área secreta é muito gratificante. Já temos boas previsões para chegada de novos itens, mapas e personagens. Com certeza vale o seu investimento.