Queridos usuários do GOG,

Tivemos recentemente que decidir se poderíamos realmente manter o GOG.com da forma como ele é. Discutimos sobre o assunto por muito tempo e, infelizmente, ficou decidido que o GOG.com não pode ficar da forma como é atualmente. (…)

De fato, a mensagem acima, publicada no site do serviço no último dia 19, sobre se eles não poderia ficar da forma como era, não se tratava de fato sobre a existência do GOG.com, mas sim o formato como era feito o negócio. Em 16 horas, será lançado um novo serviço de jogos, também para manter a história do GOG.com, talvez para encostar em outras soluções como a plataforma Steam.

Este susto a nível mundial, acompanhado da histeria midiática, aconteceu devido a tentativa do GOG.com representar a morte do GOG.com e seu renascimento, acompanhado de um não-tão-bom domínio da língua inglesa.

Ontem, no próprio site e em seu canal no Youtube, postaram um vídeo fazendo um tease do que era o GOG.com, sem qualquer informação adicional:

Hoje, postaram um novo, em tom humorístico, dizendo “nós temos pecados, perdoe-nos”, se referindo a esse desentendimento massivo e frustração de boa parte dos usuários:

Esperamos que tudo termine bem, com bons jogos antigos, livre de DRMs, sem limitação territorial e preços iguais para todos!