Conheça Birdly, um simulador de voo que utiliza o Oculus Rift.

birdly banner

birdly lado

 

Birdly nasceu em 2013 como um projeto de pesquisa da Universidade das Artes de Zurique  (Zurich University of the Arts – ZHdK) na Suíça. Max Rheiner, um artista de mídia e chefe do Mestrado de Design de Interação da ZHdK, liderou uma equipe de pesquisadores de design e estudantes de mestrado que trabalhavam em conceitos visionários e protótipos iniciais relacionadas com o sonho de voar. Entre 2013 e 2014 Max Rheiner, Fabian Troxler e Thomas Tobler criaram a primeira versão do ‘Birdly Prototype’.

 

birdly topo

No início de 2015 Max Rheiner, Fabian Troxler e Thomas Tobler uniram-se com Michel Zai (CEO) para fundar a empresa SOMNIACS para lidar com a demanda dos produtos Birdly, serviços e informações, bem como a implantação de realidade virtual da próxima geração, realidade aumentada e experiências interativas.

No simulador, você usa o próprio corpo como controle e simula até mesmo o odor, vento e resistência do vento nas asas.

Ainda não se tem data oficial de lançamento, muito menos previsão para chegada ao Brasil, mas é sempre bom ver novas interações com Realidade Virtual, ainda mais uma que aborda um dos maiores atrativos para o ser humano, que é voar.

Abaixo você pode acompanhar o vídeo do projeto (em inglês, mas dá para ver e entender perfeitamente só pelas maravilhosas imagens):

https://www.youtube.com/watch?v=gWLHIusLWOc

 

 

Fernando Salgado

Fernando Salgado

A vida é curta demais para viver apenas uma.