Eu discordo.

Dan Amrich, “o cara” da Activision, disse em seu blog que o lançamento do jogo Blur não foi um fracasso. Segundo ele, o seu público alvo recebeu 3 lançamentos em datas muito próximas: O próprio Blur, Split/Second, lançado pela Disney, e ModNation Racers, lançado pela Sony.



Os 3 jogos tinham o mesmo mecanismo de jogo. Corridas fechadas e powerups no caminho, criando uma evolução do gênero “Mario Kart” para outras plataformas, porém, curiosamente, o jogo que parecia ser o mais apresentável dos 3 acabou sendo o menos vendido de todos, mesmo se tratando de um título multiplataforma. O que deu errado para a Activision?

1º problema: Distribuição

A Activision resolveu brincar com proprietários dos PCs. Restringiu os jogos somente para alguns países, incluindo através dos canais de distribuição por download, como o Steam. Sem sequer poder PAGAR pelo jogo, muitos adotaram o meio mais lógico para obtê-lo: Pirataria.

Este é um dos raríssimos casos no qual eu não condeno a pirataria. Muitos jogadores desejavam pagar pelo jogo, o problema foi que a publisher simplesmente se recusou a liberá-lo para seus consumidores. Tentei falar com a equipe de desenvolvimento sobre o problema, e a resposta veio de forma trágica: “Você deve procurar lojas que vendam o título em DVD”. A questão é que este jogo não foi lançado em DVD na américa latina. Sem condições de aquisição legal.

PS: O jogo Split/Second pecou no mesmo ponto, o que também não deu tanta notoriedade ao jogo. A distribuição dele para PCs, até agora, é de exclusividade do Direct2Drive e somente para Estados Unidos, Canadá e México.

2º problema: Descaso

No site oficial do jogo existem toneladas de reclamações referentes a glitches, falta de suporte ao volante, cheats… e nenhuma solução. Detalhe: Este jogo foi lançado em maio, não se trata de falta de tempo, estamos falando de abandono de um título.

3º problema: Comunidade

Em consequência dos outros 2 problemas, o 3º já era esperado. Os jogos concorrentes ganharam sua comunidade. O Split/Second já tem DLC programado, será lançado também para PSP, e o ModNation Racers adquiriu uma imensa comunidade de jogadores criativos desenvolvendo novos carros, personagens e pistas.

Resultado:

Nada conseguiu tirar o brilho do ModNation Racers. Ele adotou um tom mais sarcástico e animado que o “formato adulto de Mario Kart” adotado pelos outros títulos, conquistou a comunidade de jogadores e tornou-se o battle racing mais bem sucedido da atualidade. A única coisa que os outros jogos conseguiram foram um índice de pirataria fora do comum, além de uma frustração por parte dos jogadores de Blur ao perceber o abandono do jogo na mão do Black Rock Studio.